obras

ADJUDICAÇÃO DE EMPREITADA NO CONVENTO DE CRISTO EM TOMAR 1024 577 STB

ADJUDICAÇÃO DE EMPREITADA NO CONVENTO DE CRISTO EM TOMAR

Adjudicada à STB a empreitada de “Conservação, Restauro e Recuperação das Fachadas e Coberturas da Igreja do Convento de Cristo em Tomar”.
O monumento encontra-se inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO e sua construção decorreu entre os séculos XII e XVII.
A empreitada a realizar abrange a igreja – composta pela Charola e pela Nave – e também a cobertura da Sala dos Cavaleiros. Integram a intervenção alguns dos mais expressivos testemunhos da história da arquitetura portuguesa, salientando-se a Charola Românica da Igreja, cuja cobertura será recuperada, e a famosa Janela Manuelina da Sala do Capítulo, que será restaurada no âmbito da intervenção de conservação e restauro de elementos pétreos das fachadas.
Em termos gerais, a intervenção contempla os seguintes trabalhos:
– Conservação e restauro de elementos pétreos das fachadas, portas, janelas e vitrais da Charola e Nave Manuelina;
– Reabilitação das coberturas em telha cerâmica da Charola, Nave Manuelina, Corredor dos Confessionários e Sala dos Cavaleiros;
– Reabilitação de zonas em terraço na envolvente da cobertura da Charola e em pequenos terraços adjacentes na sua envolvente a outras cotas;
– Conservação e restauro da envolvente exterior e interior da Torre Sineira;
– Trabalhos de instalações elétricas, deteção de incêndios e proteção de descargas atmosféricas;
– Acompanhamento arqueológico.

ADJUDICAÇÃO DA EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DO CAIS DA ARRÁBIDA NO PORTO 1024 768 STB

ADJUDICAÇÃO DA EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DO CAIS DA ARRÁBIDA NO PORTO

Adjudicada à STB a empreitada de Reabilitação do Cais da Arrábida. O dono de obra é a APDL – Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo, S.A.
O cais acostável da Arrábida, está localizado na margem norte do rio Douro, na cidade do Porto, e é constituído por uma plataforma sobre o rio, com um desenvolvimento paralelo à margem.
A empreitada prevê a realização de trabalhos de reabilitação da estrutura de betão armado do cais, a remodelação das escadas que comunicam com o rio, a instalação de novas vedações e pórtico de acesso, a criação de uma ligação entre plataformas de embarque, a execução de um canelete de infraestruturas e a instalação de redes de abastecimento de água, elétrica, segurança e telecomunicações.

EM CURSO OS TRABALHOS NO EDIFÍCIO CIÊNCIA I NO TAGUSPARK EM PORTO SALVO 1024 768 STB

EM CURSO OS TRABALHOS NO EDIFÍCIO CIÊNCIA I NO TAGUSPARK EM PORTO SALVO

A empreitada inclui trabalhos de reabilitação da cobertura e fachadas do edifício “Ciência I – Taguspark” em Porto Salvo.
O dono de obra é o Instituto de Gestão de Fundos de Capitalização da Segurança Social.

EM CURSO EMPREITADA DE VALORIZAÇÃO DAS RUÍNAS ROMANAS DE VILLA CARDILIO EM TORRES NOVAS 1024 576 STB

EM CURSO EMPREITADA DE VALORIZAÇÃO DAS RUÍNAS ROMANAS DE VILLA CARDILIO EM TORRES NOVAS

“Villa Cardillio é uma villa romana, classificada como Monumento Nacional, disposta em torno de um “peristylum” central, de grandes dimensões, rodeando um jardim; entre as divisões dispostas em seu redor destaca-se o “ostium” e a “exedra” e parte das instalações termais – o “frigidarium” e o “caldarium””.
Dos materiais presentes destacam-se: “estruturas em alvenaria de pedra, cantaria, tijolo, revestimentos em “opus tessellatum” e “opus signinum””.
Os trabalhos a desenvolver incluem:
– Conservação e limpeza dos mosaicos e estruturas arqueológicas confinantes, com estabilização dos pavimentos em mosaico;
– Consolidação de muros;
– Refechamento de juntas e tratamento de estruturas que apresentem riscos de desmonte e derrocada eminente;
– Criação de condições de drenagem de águas pluviais.

INICIADA EMPREITADA NA IGREJA PAROQUIAL DE NOSSA SENHORA DA HORA EM MATOSINHOS 768 1024 STB

INICIADA EMPREITADA NA IGREJA PAROQUIAL DE NOSSA SENHORA DA HORA EM MATOSINHOS

A STB foi a empresa adjudicatária da empreitada a desenvolver na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Hora em Matosinhos.
Os trabalhos já iniciaram e incluem a conservação e requalificação das coberturas, torre sineira, revestimentos e paramentos exteriores, caixilharias em alumínio e vidro, elementos metálicos exteriores e vitrais.

A TERMINAR EMPREITADA NA IGREJA DA TROFA EM ÁGUEDA 1024 768 STB

A TERMINAR EMPREITADA NA IGREJA DA TROFA EM ÁGUEDA

A Igreja da Trofa, classificada como Monumento Nacional, está localizada em Águeda. Acolhe no seu interior o Panteão dos Lemos, um notável conjunto escultórico renascentista, datado do século XVI e atribuído a João de Ruão.
A STB iniciou em janeiro a empreitada de restauro da igreja que inclui, essencialmente, intervenção em: coberturas, paredes exteriores em pedra e reboco, paredes interiores rebocadas, janelas e portas em madeira, coro alto, túmulos e escultura em pedra, arco triunfal, retábulos em madeira, elementos metálicos exteriores, guarda vento, drenagem exterior e sondagens arqueológicas.
A empreitada encontra-se agora na sua fase final, prevendo-se o seu término durante o mês de Julho.

EM CURSO A EMPREITADA NO CONVENTO DE SÃO BENTO DE CASTRIS EM ÉVORA 1024 473 STB

EM CURSO A EMPREITADA NO CONVENTO DE SÃO BENTO DE CASTRIS EM ÉVORA

O Convento de São Bento de Cástris, localizado em Évora, está classificado como Monumento Nacional desde 1922. O conjunto, que inclui igreja, convento, anexos e cerca, encontra-se afeto à Direção Regional de Cultura do Alentejo.
A STB já iniciou a empreitada que envolve trabalhos de reabilitação da envolvente exterior do Convento e da Casa da Capelania. A intervenção abrange coberturas, paredes exteriores, caixilhos de madeira, gradeamentos e portas.
O prazo de execução da empreitada é de 11 meses.

INICIADA A EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DO AQUEDUTO DE SANTA CLARA – PÓVOA DE VARZIM 1024 768 STB

INICIADA A EMPREITADA DE REABILITAÇÃO DO AQUEDUTO DE SANTA CLARA – PÓVOA DE VARZIM

Iniciaram-se em Março os trabalhos a realizar na empreitada de “Reabilitação do Aqueduto de Santa Clara”, cujo dono de obra é o Município da Póvoa de Varzim.
O Aqueduto do Convento de Santa Clara atravessa as cidades de Vila do Conde e da Póvoa de Varzim, no concelho do Porto, e está classificado como Monumento Nacional.
A obra consubstancia-se numa intervenção separada em duas vertentes: uma primeira no sentido de se promover a consolidação do monumento e evitar a sua degradação, e uma segunda vertente, numa operação de reabilitação integral e valorização estrutural e paisagística do monumento.
A intervenção a realizar prevê a limpeza de todas as cantarias dos paramentos e dos coroamentos dos arcos, reabilitação e consolidação dos mesmos. Prevê igualmente a criação de percursos pedonais na proximidade do monumento.