Recuperação de fachadas e cantarias do Palácio Nacional de Queluz entre a sala do Trono e o pavilhão Robillion

Parques de Sintra – Monte da Lua, S.A.

O grande objectivo da presente empreitada foi restituir a harmonia cromática do exterior do monumento, assegurando a integridade dos revestimentos exteriores através da substituição de rebocos e limpeza de cantarias.
Os trabalhos previstos abrangeram, de um modo genérico, a realização das seguintes operações:

- Recuperação das fachadas: Através da picagem de rebocos existentes em profundidade, execução de novos rebocos com argamassas de cal, incluindo consolidações pontuais, execução de caiação pigmentada com pigmentos de azul cobalto e outros;
- Conservação e restauro das cantarias: Através da remoção da colonização biológica, tratamento de juntas, consolidações de cantarias, reposição de volumes com argamassas de cal e pedra da mesma natureza, preenchimento de fissuras, reposição de sistemas de fixação, tratamento de elementos metálicos de fixação e aplicação de hidrofugante;
- Instalação de sistema de dissuasão de pouso de aves.